ACESSAR MEU PERFIL
CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR ENTRAR COM FACEBOOK

Solicitar uma nova senha

Pode parecer clichê, mas a tecnologia realmente mudou o mundo dos investimentos. O home broker facilitou as operações e se tornou mais simples ter uma conta em uma corretora de valores. Com essa democratização, também surgiram mais dúvidas sobre a escolha mais acertada ao fazer aplicações financeiras. Nesse cenário, surgiram os robôs consultores (robo advisor).

A ideia é automatizar o serviço financeiro como de consultoria, transações e simplificar o gerenciamento da carteira de investimentos. Isso acontece por meio da definição do grau de risco a que você está disposto a tolerar e de outras variáveis. A partir delas, o robô sinaliza opções financeiras supostamente adequadas ao seu perfil.

Será que esses bots realmente valem a pena? Como funcionam? Quais são as vantagens e desvantagens de utilizar esse recurso? Vamos explicar melhor as alternativas neste post.

O que são os robôs consultores (robos advisor)?

Os robôs de investimento são programas especializados que fazem a análise do banco de dados e do histórico de preços para determinar quais são os melhores períodos para comprar ou vender ativos. Esse processo é feito por meio de algoritmos — ou seja, sequências lógicas —, que isentam a necessidade de intervenção humana em grande parte dos processos.

Para ficar mais claro como funciona todo o processo, entenda: se você utilizar um robô investidor, terá que responder a algumas perguntas para determinar seu perfil de investimento (processo também conhecido como suitability). A partir disso, será delimitado o seu grau de tolerância a riscos e outras características, como situação financeira, objetivo de investimento e conhecimento sobre os riscos relacionados, a fim de identificar se é mais conservador, moderado ou arrojado.

Depois de configuradas suas preferências, o robô indicará as melhores opções do mercado de capitais para o seu perfil e executa as operações de compra e venda para otimizar o seu rendimento. Assim, você amplia seus investimentos em ações e outras modalidades.

No Brasil, nosso regulador já está de olho nessas atividades. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que disciplina e fiscaliza o mercado de valores mobiliários, já regulamentou a atividade de consultoria e gestão de ativos por meio de sistemas automatizados ou algoritmos.

Como funcionam os robôs consultores (robos advisor)?

Muita gente opta pelos bots para diversificar seus tipos de investimentos e automatizar a remuneração das aplicações financeiras. No entanto, surgem várias dúvidas sobre o uso desse recurso.

Uma delas é sobre a necessidade de entender sobre programação de computadores para realizar um investimento. Na verdade, esses programas trabalham com linguagens específicas — no Brasil, as mais comuns são a C++, a Python e a MQL5 —, mas você não precisa saber nada sobre elas.

Os dados são recebidos e processados de acordo com a configuração. Assim, os algoritmos calculam e acompanham os movimentos de mercado para definir a melhor forma de alocar os recursos. Por exemplo, o próprio robô consultor investe nas ações de determinada companhia por perceber a tendência de valorização dos ativos.

É por isso que se torna necessário preencher um questionário para determinar o perfil de investidor. Nele, também são descritos seus objetivos financeiros, com o propósito de determinar as aplicações financeiras mais adequadas para você.

O próximo passo é abrir uma conta em uma corretora de valores parceira do robô consultor. Em seguida, transfira o dinheiro que pretende aplicar e o resto será decidido pelo algoritmo.

Aqui, deve haver o auxílio de uma equipe especializada, que cuidará do processo desde a definição do perfil até os pacotes de investimentos. Com isso, você acompanha as aplicações realizadas, sua evolução, os rendimentos obtidos e mais.

Outro fator importante é seu poder de decisão e controle sobre o capital. Isso significa que, se o robô consultor tomar uma atitude que vai contra o que deseja, você tem a oportunidade de aceitar ou não.

Quais tipos de robôs existem?

É normal achar que existe apenas um tipo de robô de investimento, porque o objetivo é sempre igual. No entanto, há duas principais categorias. Cada um deles tem uma forma de programação diferente, o que leva a peculiaridades diversas.

Entender esses detalhes é para decidir de forma eficiente qual é a melhor opção para você. Veja as duas classificações.

Robo advisor

Permite aplicar o dinheiro em várias classes de ativos. É uma boa alternativa para diversificar sua carteira de investimentos sem despender muito tempo nessa empreitada. Isso porque você fornece informações para definição do seu perfil e tolerância ao risco, e o robô auxilia na escolha do melhor ativo ou na gestão da sua carteira.

Por suas características, os robôs advisor são indicados para quem poupa dinheiro e visa ao longo prazo. Nesse caso, é melhor guardar o capital para investir na educação dos seus filhos, na aposentadoria e mais.

Robô trader

Foca a automação de estratégias de investimentos na bolsa de valores. Muitas vezes, está embasada em análises técnicas, com o intuito de identificar tendências de ganho a partir da variação do preço das ações.

O robô consultor assegura a realização das operações no prazo programado. Você pode adotar uma estratégia pronta ou criar a sua. Por isso, é uma opção indicada para quem tem conhecimento no mercado financeiro e sabe como prefere investir. Oferece mais liberdade de gerenciar o dinheiro disponível para aplicação na bolsa de valores.

Quais as vantagens e desvantagens de investir com um robô?

Os robôs consultores (robos advisor) facilitam o acesso às aplicações financeiras, porque fornecem indicações de ativos para formar sua carteira de forma rápida e de acordo com o perfil do investidor. Por isso, essas soluções vêm sendo democratizadas, em vez de serem direcionadas somente a pessoas com grande fortuna.

Por outro lado, é preciso tomar alguns cuidados. Veja, a seguir, quais são as vantagens e as desvantagens de contar com esse recurso.

Vantagens

O principal benefício é poder se ocupar com outras atividades, em vez de investir tempo no acompanhamento do histórico dos ativos para definir a opção mais adequada. Como você configura as preferências de acordo com seu perfil e objetivos, tem à sua disposição serviços nem sempre considerados e que podem te ajudar no processo de escolha e alocação de ativos.

Isso porque o robô consultor usa parâmetros matemáticos e racionais. Portanto, não se deixa se levar pelas emoções. Você ainda pode testar uma estratégia pela definição dos parâmetros de setup e período no qual gostaria de visualizar o resultado.

Por isso, os robôs de investimento são destinados a pessoas que querem potencializar suas oportunidades. Aqui, estão podem estar inseridas as pessoas de todos os perfis: arrojado, conservador ou moderado!

Desvantagens

Contar somente com um robô de investimento é que a análise feita pelo algoritmo considera o histórico do ativo. No entanto, se um tipo de investimento teve boa rentabilidade num período, isso não garantirá que essa mesma aplicação renderá tão bem ou igual no futuro   — e mesmo que você ajuste os parâmetros, ele pode trazer uma opção inadequada devido ao comportamento registrado ao longo do tempo.

Outro fator que impacta, principalmente, os perfis conservador e moderado é a tolerância ao risco. Pois os robôs podem trazer resultados inesperados, eventualmente. Afinal, ainda que as indicações sejam baseadas em números e dados históricos, o comportamento do mercado pode ser diferente da expectativa.

É necessário entender que esse recurso não é certeza de retorno. Ter essa consciência é essencial para evitar prejuízos maiores. Aqui, também é importante conhecer o mercado e as técnicas de análise para tomar controle das operações quando necessário.

Como você pôde perceber, o robô consultor é uma opção válida, mas é preciso que você saiba o que faz. Conhecer o mercado financeiro ainda é a melhor alternativa para potencializar seu retorno e tomar decisões inteligentes. No entanto, pode contar com essa alternativa para potencializar sua remuneração. A escolha é sua.

Gostou de conhecer os prós e os contras dos robôs de investimentos? Assine nossa newsletter e veja outras informações importantes para fazer suas aplicações financeiras.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários, não expressando, assim, a opinião do Como Investir. Para mais informações, consulte os Termos e Condições de Uso.